Que tipo de homofobia você já sofreu?


Homofobia é crime, não seja cúmplice. Denuncie.

quarta-feira, 19 de maio de 2010

Xi, é pecado!

Como disse o célebre sábio filósofo iluminista Voltaire: "Defendo o direito de discordarem de mim".
Nossa, isso queria dizer liberdade de expressão, claro, você pode expressar a sua opinião, e o cara pode discordar até a tampa do que você diz. O problema é que essa dita liberdade de expressão tem sido usada para atacar muita gente por aí... Mas peraí, o termo não é "liberdade"? 'Ser livre para poder se expressar segundo sua própria determinação' (cf. Mini Dicionário da Língua Portuguesa. ed. Ediouro) que equivale ao livre-arbítrio, que do alto do meu conhecimento, foi um dom concedido ao ser humano por Deus? Vejo tanta gente ferindo o livre-arbítrio das outras no dia-a-dia... Aliás, para ser mais exata, vejo muita gente dedicando seu precioso tempo na elaboração de técnicas mirabolantes para interferir no livre-arbítrio dos outros! E para quê? Isso é tão boçal... Cuidar da própria vida seria uma boa pedida...
Segundo, o que tanto te afeta no outro? É fato que vivemos em sociedade, mas não agimos como se vivêssemos numa. O que nos governa é um capitalismo sem igual. É a necessidade compulsória de riquezas, pois tudo o que importa é ter dinheiro nos bolsos e outro que se foda. A maior prova disso é o comércio da fé! Basicamente é transformar a fé alheia em instrumento de enriquecimento pessoal. Silas Malafaia e uma outra corjinha de pseudo-pastores que o digam! A pior parte disso tudo é que, não obstante a exploração financeira a que nos submetem, ainda usam uma passagem bíblica aqui e ali para condenar o que "vai contra seus princípios", (usando a Bílbia como principal arma de defesa!) Engraçado, fico a pensar o que tem na cabeça de um cidadão que acha que pode me julgar como "pecador" se ele também não passa de um! Ué, é só ler na Bíblia! Não existe ser humano santo! Portanto façam-me o favor... Macaco não olha mesmo para o rabo!
Se hoje morro homossexual, saiba que vivi minha vida plenamente e de consciência limpa, sabendo que sou pecador sim (não por causa da minha homossexualidade, mas por que todos seres humanos o são!) ao contrário de um bando de falsos pastores capitalistas, que fazem lavagem cerebral nos pobres fiéis anencéfalos. Destes sim eu tenho pena! E acredito que é com esse tipo de coisa que Deus se desagrada.

Só para esclarecer uma coisinha: ESPIRITUALIDADE não é ficar enfurnado numa construção de paredes e pedras, e se esgoelar parecendo que quer surdar o irmão que mora lá na Groenlândia, sob o pretexto de estar "louvando a Deus"! E muito menos, achar que TUDO é pecado, e tem que ter medo por que Deus castiga! Aff, a isso se dá um nome bem conhecido: FANATISMO!
Espiritualidade é saber buscar a Deus nas mínimas coisas, seja fazer uma boa ação a alguem necessitado, apreciar a natureza de vez em quando, e principalmente, saber compreender e respeitar a individualidade dos outros. Isso sim é ter Deus na vida!
Deus não é MAL, VINGATIVO, CRUEL, como tenta propagar um ou outro charlatão evangélico metido a político! Ele é puro AMOR, COMPREENSÃO, RESPEITO. É a personificação da perfeição na imaginação humana.

Só mais um aviso: O ESTADO É LAICO, P@$#%@*!
Se querem alienar o povo, façam isso longe da câmara dos deputados!

Isadora A. Quaresma.

2 comentários:

Ministério Nação Ágape disse...

O termo pecado não existe, é uma invenção humana! Portanto, cheias de preconceitos e hipocrisias. De repente, quem inventou esta expressão não imaginava o que iria acontecer com ela, ou ainda pelo contrário, visava mesmo manipular politicamente as pessoas. A melhor tradução religiosa para este termo seria "errar o alvo". As vezes, em nossa jornada, percebemos que poderia tomar outro caminho, caminho de amor, de paz, de felicidade e mudamos o alvo, nos (re)inventamos, ou tentamos novamente. Da mesma forma, quando percebemos que ser Gay é um Dom de DEUS, deixamos de tentar parecer ser aquilo que não somos, e nos voltamos para aquilo que realmente somos e em liberdade, voltamos ao alvo de DEUS que criou a diversidade e viu que era tudo muito bom! Acho que é isto! Rsrsrsrs... Amo passar por aqui e obrigado por partilhar seus pensamentos conosco!

Isa disse...

Verdade. Eu também tenho minhas ressalvas com essa coisa de pecado, e quis me expressar assim como "ser pecador" tão somente para tentar entender como e por quê a visão cristã tanto nos condena! Confesso que achei interessante seu ponto de vista sobre trocar a expressão pecado por "errar o alvo", hauhahua. Então divagando um pouco nesse pensamento de errar o alvo, tem muita gente que vive errando o alvo, e usando nome de Deus para difundir seus próprios moralismos. No mais, que tenho a dizer! Ainda não tinha pensado que ser gay podia ser um dom de Deus, mas olhando por esse lado... realmente é um dom: Viemos ao mundo com o intuito de mostrar ao mundo o que ele mais precisa: O AMOR! E o AMOR é divino, logo ser gay é um dom divino. Hahaha, acertei?
Imagine, eu que agradeço pela visita! Também amo passar lá pelo seu espaço, também aprendo muita coisa!
Abração fraterno de uma bahiana que muito lhe admira :D