Que tipo de homofobia você já sofreu?


Homofobia é crime, não seja cúmplice. Denuncie.

quinta-feira, 14 de outubro de 2010

Eleições 2010: Demagogia x Teocracia (Eu tenho MEDO!)

O Brasil está vivendo um período político de gritantes descasos e desigualdade social marcada pela marginalização de minorias, seja de negros, mulheres, indígenas, homossexuais entre outros. Nesse balaio de discriminados, não há mais intolerância do que contra os últimos, os homossexuais. Sabe-se que, há décadas a (homo)sexualidade é malvista e malquista pelas sociedades. São vieses religiosos, políticos, sociais, alicerçados em uma moral que se diz cristã, e conservadora, que vêm negando o direito de igualdade social àqueles que se relacionam com o mesmo sexo. Dessas eleições de 2010, a qual disputavam Plínio de Arruda Sampaio (PSOL), Marina Silva )PV), José Serra(PSDB) e Dilma Rousseff (PT), estes dois últimos entraram numa briga ferrenha pela presidência do país. Em meio à propostas de governo, se encontravam temas polêmicos de cunho totalmente civil, porém a dominância religiosa fez objeções ao que se dizia ferir a "moral cristã". Tocando na ferida das igrejas, falamos de aborto e legalização do casamento gay. Ora, tanto se debateu, brigou, concordou e discordou, que o aborto é questão de saúde pública. Sim, o aborto é uma agressão ao corpo da mulher, mas a abortante não o faz por puro prazer. E ainda mais vergonhoso é a falta de condições sanitárias para que seja feito, acarretando na maioria das vezes, no óbito da mulher. Em contrapartida, a igreja alega assassinato, e um possível fim da humanidade. Faz-me rir! Só a população brasileira chegava a mais de 180 milhões no final de 2009. O mundo não vai acabar por causa de uns milhões de mulheres abortando por falta de condição financeira, estupro ou anencefalia do feto! Mais injusto ainda é uma ser presa por conta do ocorrido. A legislação brasileira deixa mesmo a desejar...
O segundo item combatido pelas igrejas é o casamento gay. Precisa-se (urgentemente!) de explicações. Vamos lá! A palavra casamento não se refere, neste contexto, ao âmbito religioso. Os casais homossexuais pleiteiam o termo do casamento CIVIL, que lhes confere os mesmos direitos CIVIS de um casal heterossexual. Nada mais justo, não é? Visto que aos homossexuais são negados 77 direitos civis, benefícios estes concedidos pelo registro do casamento CIVIL. Não é possível! Ou as igrejas realmente não entendem ou agem de má fé, assim como fazem os nossos políticos! União civil: já existe no Brasil para os casais homossexuais (e dá um trabalho do cão conseguir...), no entanto, não passa de uma sociedade entre pessoas, assim como o é com empresas. Sendo sincera, não quero ser sócia da minha parceira, quero ser esposa!!! Cônjuge, contraente. Seja o que for! Portanto, não há desculpa para a "confusão" entre casamento civil e religioso que os líderes religiosos e políticos fazem!
Segundo, o argumento retórico da igreja contra a união homossexual, é a de que sua aprovação seria em "detrimento da família". Agora me segurem, vou passar mal. Homossexuais existem há séculos, vivem suas vidas, namoram, se unem. Alguém, por favor, me PROVE que algum casal heterossexual decidiu se separar por que um casal gay se uniu! Simplesmente não tem lógica. Outra coisa, a família é outra coisa completamente imutável. Sempre existirão famílias, inclusive as que não estão no padrão homem-mulher-filhos. Veja bem que, existem famílias de pai-filho, mãe-filho, avô-neto, irmão-irmão entre tantos outros modelos. Os casais homossexuais também almejam adotar filhos, e assim constituir família. Tantas crianças abandonadas por aí, não seria melhor um lar para elas?
Absurdos e abusos, é o que tenho notado nessas campanhas pró-vida, pró-família, feitas por religiosos e políticos, que usam descaradamente o poder de manipulação sobre a população alienada.
O também conhecido ativista anti-gay (e assumidamente homofóbico) "pastor" Silas Malafaia é um exemplo gritante disso: espalhou pelo Rio de Janeiro, outdoors dizendo que Deus criou macho e fêmea, e que é a favor da família. Onde este homem é um "mensageiro de Deus", se só prega ódio, intolerância, preconceito, (sem contar que rouba descaradamente dos fiéis...) contra os homossexuais? Somos, antes de qualquer rótulo, seres humanos! Feitos pela mão de Deus também! E mais, somos machos e fêmeas; machos-que-amam-machos, fêmeas-que-amam-fêmeas, e também os machos-e-fêmeas-que-amam-os-dois-sexos, e além disso, os machos-que-pensam-que-são-fêmeas e vice-versa. Não existe um terceiro sexo! E o sexo não se limita a reprodução, (nem mesmo todos os animais o fazem por isto! Os Bonobos estão aí para provar isso...) É cada absurdo e abuso que eu vejo por aí...

Sinceramente, esta foi a primeira vez que votei. Deveria ser o meu exercício de cidadania, deveria ficar feliz com isto, mas o que acontece é simplesmente o contrário. Ao pisar no território da política, percebi que tudo não passa de um jogo de interesses, e quanto mais esperto e demagogo o camarada é, leva o voto do povo! Dilma Rousseff que o diga (com sua cartinha ao povo de Deus)
Com isto, expresso meu desânimo, desaprovação e ojeriza por nossas opções presidenciais...

Um comentário:

meveioacuca.co.cc disse...

Tinha que falar dos Bonobos.... kkkk

É o que eu digo para todo mundo: "Dos ruins o menos pior. Não escolher é como votar nos dois ao mesmo tempo..."